sexta-feira, 8 de março de 2013

Sacode a poeira

Aleluia, né?  Gente quanto tempo sem passar aqui. Minha vida esta uma total loucura. Chego quase 00 horas em casa. Acordo, trabalho, vou pra faculdade. Aliás deixa eu contar pra vocês o que eu estou fazendo novamente nas carteiras..rs Pois é, tomei uma decisão já que trabalho no ramo da construção (área financeira)  e adoro tudo em volta, decide fazer arquitetura. Pois é galera. Eu estou apaixonada, tipo primeiro amor, fogo que arde sem se ver.. Tá tudo lindo, mas muito corrido.Muitos cortes, plantas, pranchas e desenhos. E o mais legal de tudo isso é que poderei olhar com outros olhos toda a execução restante da minha casa que não pôde ser executada, pois não tinhamos grana pra fazer tudo (faltou 1 banheiro e um lavabo, a outra varanda e churrasqueira). E isso vai demorar um tempinho.

As noticias que eu venho trazer são de minha pessoa. Pq a casa ta do mesmo jeito. Não tive tempo de pensar em pintar, de pensar no guarda corpo e nem de terminar de organizar direito nosso escritório. Hoje eu consegui parar para vir aqui, contratar alguém pra montar um PC novo pra gente e correr atrás de Mdf para as bancadas do escritório, ufa! Ta corrido.
Amigos leitores. Penso em vocês o tempo todo e sempre quero arrumar tempo para cá. Mas ainda respondo os e-mails dos queridos que me escrevem e tento sempre deixar os comentários atualizados.
Hoje não tenho fotos, pois estão na máquina. Vou dar um jeito nos fim de semana de passar alguma coisa pra vocês. Agora com licença que vou visitar meus queridos amigos e suas belas obras!

ABRAÇOOOOS!

Aline, cansada, mas feliz!

17 comentários:

  1. Oi Aline... nossa.. eu queria ter essa coragem!... me formei em moda, mas aqui na minha cidade não tem campo pra isso e depois que comecei a construir descobri uma enorme paixão pela arquitetura e morro de vontade de voltar pra faculdade pra fazer esse curso!... quem sabe mais pra frente qdo tiver um dinheirinho sobrando, pq agora to gastando td que tenho na casa... hehe... parabéns pela atitude de correr atrás de seus sonhos!!!
    Um Grande beijo!!!
    Feliz dia da Mulher e um ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  2. Oi menina!
    É uma correria mesmo... tem dias que quero postar e pesquisar novidades nos blogs mas não encontro tempo!
    Ótima escolha pela arquitetura... é um mercado promissor e que está crescendo cada dia mais, porque todos querem construir a casa própria ou comprar o apê dos sonhos!
    Feliz Dia da Mulher!!!
    Beijos

    "Construindo Minha Casa Clean"

    ResponderExcluir
  3. Que maravilha, Aline! Feliz por você, e por vocês.
    Um grnde beijo e a minha admiração.

    ResponderExcluir
  4. Olá Aline, desde já os meu parabéns pelo blog. Muito interessante.
    Queria lhe fazer uma pergunta.
    Você têm ideia do custo que a obra iria ter por construção convêncional?
    Comparando com este método qual a percentagem de diferênça?
    A qualidade compensa?

    Obrigado e felicidades

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Amigo, vou interceder pela Aline, só para ajudar, sem objetivo de defender nenhum lado. A real sobre o tijolo solo cimento é que você economiza lá no final da obra, no acabamento. Porque?! Pois o milheiro do tijolo pode vir a ser mais caro que um tijolo baiano comum (talvez o mesmo preço de um bloco cerâmico de qualidade, mas com menor rendimento por m²). Paguei 650 o milheiro do tijolo de 25cm (rendimento de 48 peças por m² se não estou enganado). Tem que se levar em conta também que a MO tem que ser especializada no tijolo, senão muitas coisas podem ser feitas erradas e esse tijolo não aceita remendo. Outro ponto é que é essencial ter um projeto bem feito e completo e bem modulado (incluso hidráulica e elétrica), pois é tudo feito ao mesmo tempo, as tubulações sobem junto com a alvenaria, não dá para quebrar parede depois para colocar caixinha de luz ou ponto de água. Também não há medida quebrada, todas as dimensões devem ser moduladas de acordo com o tijolo, multiplas de 25 ou 30 cm que é o mais comum de se ter os tijolos (dica: use 25, pois por motivos óbvios é melhor se ter paredes com medidas fechadas tipo 10 metros, 5 metros, etc, com tijolo de 30 isso muda um pouco).

      Por outro lado, você pode economizar na fundação tendo em vista uma casa mais leve (veja bem, vc pode, não necessariamente deve). Você vai economizar também no acabamento, considerando que não vá rebocar tudo (o que não faz sentido nenhum no tijolo solo-cimento), sendo muito mais simples aplicar um revestimento (cerâmico ou gesso) e também manter a pintura (no caso, uma resina acrílica por ex.). Outra economia que vai sentir é na quantidade de cimento, ferragem e outros materias básicos, tendo em vista que o tijolo é assentado na massa só a primeira fiada, o restante na cola e os grouts (amarrações de ferro e concreto) usam bem menos material do que colunas da alvenaria convencional.

      Isso tudo sem falar no tempo e na praticidade, pois uma obra nesse tijolo evolui muito rápido, considerando que assentar esses tijolos é como montar um lego com cola branca.

      O pessoal costuma calcular de 30 a 40% de economia, mas eu não vejo dessa forma. Acho que não é o custo que define sua escolha e sim todo o conjunto que a obra traz. Minha obra é uma ampliação (construção de uma casa inteiramente nova) e reforma para unir a parte já construída. Tive que fazer demolição, aterro, etc e minha obra está muito limpa, não chega a ter nem meia caçamba de entulho das paredes que removi. É tudo muito modular e prático, esse ponto me surpreendeu positivamente. Além disso, há um conforto termoacustico nesses tijolos que se assemelha muito ao que é produzido pelas paredes duplas da construção convencional (o que é beeem mais caro). Sem falar no charme do tijolo aparente (é primordial que se goste disso).

      Para se chegar na conta da economia exata, só seria possível construindo duas casas nas mesmas condições e projeto, com ambos os métodos construtivos. Acredito na economia sim, ela virá, mas acho que é secundário quando se decide por um projeto como esse.

      Abraço e desculpa a extensão do post.

      Excluir
  5. Fiquei tão animada com as fotos e comentei no post errado rsrsrsrsrs
    Mas já aproveitando que eu esqueci de falar no outro post....
    Que legal que resolveu fazer arquitetura!!! Eu sou doida pra fazer, depois de tantas aventuras com obra acabamos sendo contagiadas né?
    Parabéns pela coragem de iniciar esse novo desafio e muito muito sucesso!!!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Ei vc tá muito sumidinha moça...estamos com saudades de vc e das novidades da sua casinha...

    Boa semana! Bjos

    ResponderExcluir
  7. Aline, sua casa é uma graça, agora que ela está pronta, posta mais fotos dela pra gente ver como ficou o resultado final. Parabéns!!
    Queria algumas informações, dicas e indicações, estou pensando em construir.
    Quando puder entre em contato, não tenho blog.
    luisamsca@gmail.com

    bjs

    ResponderExcluir
  8. hehehe... a proxima casa faremos com vc entao! Quem sabe passaremos menos raiva!!! Enfim chegamos na laje. Olha la. bjim. Chiara

    ResponderExcluir
  9. Boa noite!
    Sou fabricante de tijolos ecologicos e construtor.Gostaria de parabenizar vc.pelo excelente trabalho de acompanhamento da sua obra.Apesar das muitas dores de cabeças,principalmente com relação aos prazos não cumpridos dos nossos colegas da construção.Sua obra é uma bela indicação de resultado positivo,para,este processo construtivo "inovador ",que vem cada vez mais atraindo admiradores e pessoas com conciencia em preservar nosso meio-ambiente.Acompanho seu blog,porem nunca postei meu comentário.Sempre se atendo aos cuidados que vc. tem desde o começo da obra até seu término.
    Tenho um blog sobre o tijolo ecologico solo-cimento no Paraná e venho recebendo muitas visitas e gostaria se vc.permitisse indicar seu blog para meus clientes.Como fonte de informação e estímulo a esta técnica que sou apaixonado desde que era adolescente.Tendo como referencial sua obra para que pessoas não sejam desestimuladas por pedreiros mal informados e não preparados para construções neste processo.


    visite meu blog : ecocasatijoloecologico.arteblog.com.br.

    Resumindo sua casa é um sonho.Parabéns.

    Ecocasa Arte Modular
    Dirceu Ferrari

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O principal mal é realmente esse, pessoas desinformadas que repetem informações infundadas e assustam os interessados, afastando o pessoal de uma solução que é muito mais prática e interessante do ponto de vista do proprietário da construção.

      No fundo no fundo, tudo que é "novo" gera isso, mas se considerarmos que o tijolo solo-cimento na forma como conhecemos já tem mais de 20 anos, já passou da hora desses tabus caírem por terra. E isso vai acontecer, pois quem investe nesse tipo de obra é geralmente mais bem informado e com mais meios de acesso a informação (e também divulgação), o que vai fortalecendo a massa crítica em torno do método. Longa vida ao tijolo ecológico.

      Excluir
  10. nossa, fiquei admirado com o projeto dessa casa, estou aqui namorado uma forma de construir uma pra mim e acabei chegando no seu blog. aqui no rio o preço do tijolo está caro, por isso estou pesquisando um lugar bom e com preço em conta pra comprar. mostra mais detalhes/foto da casa. como ficou a fachada da casa?, eu gostaria de pedir a planta da casa se vc puder disponibilizar pra gente. meu email é antonio-cssjr@hotmail.com desde já agradecido antonio carlos

    ResponderExcluir
  11. Olá, Aline!! Fiquei maravilhada com o seu projeto e a qualidade da construção! Estamos na fase do projeto aqui e pretendemos construir logo logo... o único porém é que não estamos encontrando profissionais que trabalhem com esse material...
    Fui ao cprata, mas ele não vende mais tijolos, somente as máquinas.
    Encontrei um construtor que fornece o material e a mão de obra, mas para uma casa de 110 m² achei que ficou um pouco caro (R$60.000,00, mas inclui fundação, base, tubulação, lage, etc.

    Se não for pedir demais, pois imagino que deve estar bem ocupada com atividades do dia-a-dia, gostaria que me enviasse os contatos de pedreiros que vc utilizou.

    Desde já agradeço muito a sua atenção.

    meu e-mail é lorennanunes.bio@gmail.com

    ResponderExcluir
  12. Olá Aline. Nossa...intensa leitura por aqui, fiquei 2 dias para ler o blog todo desde que o descobri ontem a tarde, tudo isso indo de trás pra frente, mas cada página mostra o post mais recente para o mais, enfim bem confuso...rs
    Engraçado só ter encontrado esse blog agora, fiz imensas pesquisas sobre tijolo ecológico e comprei uma casa já construída com esse tijolo na mesma data dos seus posts mais antigos. A pesquisa foi inicialmente para entender o que era esse método construtivo e depois para começar uma obra de ampliação.

    Minha obra tem MUITAS semelhanças com a sua, dei risada sozinho aqui várias vezes com seus relatos...rs. Chácara, rusticidade, muitas idéias, pouco dinheiro e perfeccionismo exagerado. Final do ano passado passamos meses deliberando sobre o projeto, a obra se iniciou em março e está em pleno curso, vamos atingir a altura de lage no final dessa semana com bons resultados.

    Foi legal encontrar esse blog pois surgiu uma idéia semelhante desde que iniciei a obra e vi na prática o que queria realizar para divulgar esse método construtivo que não é tão novo e ainda sim é desconhecido (e sub-julgado). Como sou Engenheiro da Computação, tenho ideia de montar um portal de serviços ligados a construção estrutural, dado a quantidade de contatos que fiz e também ao interesse de ingressar nesse ramo lucrativo. Mas isso é outro papo.

    Enfim, quero parabenizá-los pela coragem e determinação. Não é fácil construir uma casa e muito menos optar pelo fora do comum, o que por enquanto, o tijolo ecológico é. Muitos torcem o nariz, colocam preconceitos a frente e demonstram total desconhecimento dos benefícios e necessidades de um projeto como esse. Só que agora, no curso da obra, estou percebendo que essa é uma solução altamente viável principalmente para os problemas de moradia que temos no país.

    Posto isso tudo, se for possível, gostaria do e-mail de vocês para trocar algumas informações, sem querer abusar é claro. Também deixo meu contato aqui divulgado para quem quiser informações sobre projetistas/arquitetos especializados em tijolo solo-cimento, mão de obra, fornecedor de tijolo e demais dúvidas em que eu possa contribuir, especialmente nessa região de Campinas/São Paulo: wag_p@ig.com.br. Fiquem a vontade para escrever.

    ResponderExcluir
  13. Parabens !!!! Estou montando uma fabrica de tijolos ecologicos mais o meu interesse inicial é construir casas pra mim mesmo e vender e gostei muito desse seu projeto gostaria de fazer algo parecido pra mim morar vc teria como disponibilizar a planta com os detalhes se possivél agradeço desde já Obrigado qualityeco@hotmail.com

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pelo artigo. Recomendamos a todos a leitura.

    Nos apresentando, a Inove atua na área da Construção Civil, especializada em Pintura e Textura. Trabalhamos com: Pintura Predial, Pintura de Galpão, Pintura Comercial, Pintura Residencial, Reformas e Construções.

    ResponderExcluir